Quer usar algum texto ou parte dele? Clique aqui e saiba como fazer!

Sobre os comentários fechados!

Pessoas queridas! Decidi que fechar os comentários deste blog seria a melhor opção por enquanto. A vida tá corrida e o tempo de ler/responder comentários (uma das coisas mais gostosas que o "blogar" nos proporciona) está curto. Portanto, pra não deixar ninguém sem resposta, decidi que vou postando quando posso, mas os comentários permanecem fechados. Agradeço a compreensão! E obrigada pela visita! *_*

Onde estarão as Luluzinhas?

domingo, 13 de setembro de 2009

Koleston Vermelhos Especiais: Vermelho Super Intenso

Como disse alguns posts atrás, voltei a ser ruiva. De farmácia, mas ruiva! Tinha me esquecido do poder do vermelho nos cabelos. Eu sei lá porque, mas tôsiachânu tipo que nem aquelas Heavy Metal Goddess, sabem? =P

Sem dignidade nenhuma, aqui vão algumas fotos de quando eu era ruiva, há uns três anos atrás. Assim eu aproveito e finalmente me "apresento" pra vocês.

01 - 2005: Koleston Vermelho Super Intenso com escova e cara de "não quero ir nessa festa de jeito nenhum, socorro"

02 - 2006: Koleston Vermelho Super Intenso desbotado. Eu sem a menor vergonha na cara pra cuidar do cabelo e o povo querendo saber em que salão eu tinha feito "isso".

03 - 2006: Koleston Cereja com escova.

04 - 2006: Garnier Nutrisse Vermelho Profundo e cara de bocó


Acontece que a minha cabeleireira da época (2005) sempre me dizia que a cor não pegava no meu cabelo por trocentas zilhões de razões, e a culpa sempre era minha que nunca hidratava o cabelo, ou hidratava demais, ou não ingeria Pill Food, ou bla bla bla. E a cor realmente não pegava, vide foto 01.


Depois que troquei de cabeleireira, oh! Que diferença! De repente as cores começaram a pegar e eu descobri que o problema do meu cabelo era a incompetência da cabeleireira anterior. E eu era feliz e poderosa e não sabia, vide foto 03 e 04. Depois de 2006, só decadência kkkkkk.


Até que no começo desse ano eu quis voltar pro vermelho, fui lá e comprei o kit Koleston Vermelho Super Intenso, que agora vem com um tratamento de gloss para durar seis semanas, aplicar uma vez por semana, e assim ajudar a prolongar a cor.


Quase chorei quando a Luísa (minha cabeleireira atual) disse que era pouca tinta. Ela até deixou mais tempo e colocou uma touca com a intenção de fazer a tinta pegar de verdade. E eu já achando que iria ficar uma porcaria que nem 2005, que não ia pegar nadica de nada, já que as características do meu cabelo não são lá essas coisas: fino, misto, cacheado.


Pra minha alegria e felicidade, o resultado foi muito positivo. Fiquei surpresa ao ver que:

a) o cabelo não ficou enliado com a tintura
b) o cabelo não ficou ressecado
c) quando lavei em casa pela primeira vez, não saiu UM FIO debaixo da ducha. Morri de medo de perder tufos de cabelo, mas agora eu confesso que meu cabelo está mais cuidado do que três anos atrás.
d) quando lavei em casa pela primeira vez, não escorreu muita tinta. Eu costumava sujar a toalha inteirinha ao secar o cabelo depois de pintar. Dessa vez, só um pouquinho-inho-zinho.



Fico devendo uma foto com um "antes/depois". Acredita que dá preguiça só de pensar em tirar foto?

Pelo menos agora vocês já sabem mais ou menos como eu sou rs. Tchãns!

Beijos, pessoas!