Quer usar algum texto ou parte dele? Clique aqui e saiba como fazer!

Sobre os comentários fechados!

Pessoas queridas! Decidi que fechar os comentários deste blog seria a melhor opção por enquanto. A vida tá corrida e o tempo de ler/responder comentários (uma das coisas mais gostosas que o "blogar" nos proporciona) está curto. Portanto, pra não deixar ninguém sem resposta, decidi que vou postando quando posso, mas os comentários permanecem fechados. Agradeço a compreensão! E obrigada pela visita! *_*

Onde estarão as Luluzinhas?

domingo, 4 de abril de 2010

Lápis delineador para os olhos Mary Kay

Era uma vez, numa dessas visitas de blog para a Bru do Popmenta, eu li sobre uma comparação entre lápis delineadores para os olhos da Mary Kay e da Natura. Fiquei bem interessada, porque eu estava usando o lápis kajal da Natura, que até o momento me bastava, mas que tinha um defeito chato: derretia com o calor e deixava tudo borrado.

Aí, como eu disse dois posts atrás, conversa vai e conversa vem com a Bru através de comentários e de e-mails, e ela me propôs mandar o lápis da Mary Kay pra eu testar e contar pra vocês o que eu realmente tinha achado dele.

Antes de começar a resenha, deixa eu dizer que... mêo, que responsabilidade. É a primeira vez que alguém me propõe uma parceria dessas, e eu não gostaria de errar na hora de opinar. Não é medo de decepcionar a Bru, que gentilmente mandou o lápis e me deixou á vontade para falar o que eu realmente penso a respeito, mas medo de passar alguma informação errada. Por isso, se eu soar muito detalhista, me perdoem. É a vontade de acertar, ok?

O produto e a embalagem:

Deixa eu falar sobre a embalagem: dentro da caixinha existe uma divisão diagonal que faz com que o lápis seja mantido bem firme dentro dela. Ou seja, muito difícil de acontecer alguma coisa com o grafite do lápis, como quebrar ou algo parecido. O lápis é retrátil. Você torce e o produto sai. Você retorce, o produto volta direito. A prova de que isso é verdade está na foto abaixo: torci todo o produto pra ver o tamanho do grafite e não tive problemas pra fazer voltar.

Quantidade de produto:

Deixa eu falar sobre a quantidade: é possível ver bem claramente que o grafite deu dois dedos meus (meus dedos são gordinhos *_*). Aí você pode falar: os lápis de outras marcas tem o grafite maior! Eu também pensei nisso, mas lembrei que a gente perde muito produto quando aponta o lápis. O lápis da Mary Kay não precisa ser apontado, justamente por ele ser retrátil.

Cor, Textura e Duração:

Deixa eu falar sobre textura: quando eu vi o grafite, eu sinceramente achei que ele seria duro e difícil de passar. Engano meu. O grafite da Mary Kay é sim mais durinho que o grafite do kajal da Natura. A palavra talvez fosse "mais consistente". Mas é macio e desliza super bem na pálpebra. Ele não vem com esfumador, então eu usei o esfumador de outros lápis. O kajal da Natura esfumou mais fácil que o lápis delineador da Mary Kay, só que isso vai influenciar na duração, como eu explico no terceiro tópico ali embaixo.

Deixa eu falar sobre cor: o que eu vou falar aqui pode ser melhor visualizado se você aumentar a foto acima. É uma comparação entre os lápis da Avon (1), da Mary Kay (2) e do kajal da Natura (3) - os três na cor PRETA. Todos eles foram riscados duas vezes com a mesma intensidade:

* Achei a cor do lápis da Mary Kay mais intensa do que o dos outros lápis. Concordam?
* Também me pareceu que o lápis da Mary Kay foi o mais "uniforme". Ou seja, foi o que mais cobriu, com dois riscos. Concordam de novo?
* Por fim, também me pareceu que o lápis da Mary Kay foi o que menos borrou ao ser riscado. Tô certa?

Deixa eu falar sobre duração: venho testando esse lápis a semana passada inteira pra não falar besteira aqui. Eu gosto muito de usar delineador preto nos olhos. Tanto que em alguns dias, dependendo do nível de rock and roll nas veias, eu vou de lápis preto nos olhos desde manhã cedo até chegar em casa da facul meia-noite. Então é super importante que o lápis não borre. Eu até posso precisar retocar, mas não pode borrar. Então, usei durante dois dias o lápis da Mary Kay em um olho e o lápis da Natura em outro. Os dois ao mesmo tempo (alouca).

O que eu pude perceber é que ambos, o lápis kajal da Natura e o lápis delineador para os olhos da Mary Kay, tiveram que ser retocados durante o dia. Eu passei os dois de tarde antes de trabalhar, e retoquei lá pelas seis da tarde, antes de ir pra facul.

Só que o lápis da Mary Kay foi o que menos borrou. Aliás, NÃO borrou. Depois de me expor ao sol na hora de ir pro trabalho e pra facul nos dias quentes, o lápis da Mary Kay estava firme e forte na pálpebra de cima. O kajal da Natura estava borrado e apagado na pálpebra de cima. Na linha d'água, que é onde eu também uso lápis, os dois lápis estavam um pouco apagados, mas o olho com o lápis kajal da Natura estava borrado, e o da Mary Kay não.

*****************************************

Espero que vocês tenham gostado da resenha. Eu tentei ser a mais direta, objetiva e justa possível.

Agradeço à Bruna pela oportunidade e, mais ainda, pela confiança na minha opinião e pela liberdade de poder falar o que eu realmente achei sobre o lápis.

E, pelo fato de eu ter realmente ter gostado do lápis da Mary Kay, eu me sinto á vontade pra indicar o lápis da Mary Kay e a lojinha da Bruna no http://www.popmenta.com.br/ ! Sijoguem porque lá tem muita coisinha fofa, e o banner do Popmenta está sempre ali no alto do cantinho direito do blog.

Abraço!